Esse primeiro livro publicado foi em homenagem a seus primeiros pacientes. Retrata a viabilidade de um trabalho terapêutico com as pessoas deficientes físicas, sensoriais ou mentais, através das intervenções psicomotoras no meio líquido, isto é, em piscina aquecida. Numa linguagem objetiva e esclarecedora fala da teoria dos fundamentos psicomotores e retrata alguns casos de sucesso em sua experiência profissional, com Terapias Psicomotoras Aquáticas.

 

Esse primeiro livro publicado foi em homenagem a seus primeiros pacientes. Retrata a viabilidade de um trabalho terapêutico com as pessoas deficientes físicas, sensoriais ou mentais, através das intervenções psicomotoras no meio líquido, isto é, em piscina aquecida. Numa linguagem objetiva e esclarecedora fala da teoria dos fundamentos psicomotores e retrata alguns casos de sucesso em sua experiência profissional, com Terapias Psicomotoras Aquáticas.

 

Esse terceiro livro vem defender o direito do BRINCAR e sua importância na infância e nos processos de aprendizagem. Com ilustrações realizadas por crianças traz o valor dessa atividade infantil no bom desenvolvimento neuropsicomotor em geral.

 

 

Nessa obra se documentou o grande Projeto de intervenção com idosos, iniciado em na Escola Flechinha e continuado na Associação VEM SER. Através de atividades diversificadas um excelente trabalho em áreas da saúde, educação e esportes trouxe a população da comunidade e do entorno qualidade de vida e novas perspectivas de envelhecimento saudável.

 

Ser idoso é conviver com mudanças físicas, mentais e espirituais; mudanças essas impossíveis de disfarçar. O envelhecimento depende naturalmente do passar do tempo, mas o ritmo desse processo pode ser determinado por cada um. Essa segunda edição do livro original do Projeto de Intervenção junto a idosos, tem dois capítulos adicionais e traz consigo a missão de demonstrar a importância de nos capacitarmos para trabalharmos com essa população, que só cresce a cada ano no mundo.

 

Este é o quinto livro da autora retratando a síntese de seu trabalho de quase 30 anos junto a Psicomotricidade. Essa ciência é aqui descrita em sua aplicação prática no meio líquido, como um critério científico e não como uma simples proposta de intervenção. Os seus leitores antigos reconhecerão trechos de suas outras obras, onde ela tenta justificar os benefícios que a Psicomotricidade promove, quando utilizada corretamente em qualquer área, desde que se respeite os fundamentos psicomotores a serem aplicados nos programas de aprendizagem da natação, terapias ou mesmo lazer na água.

 

Nesta obra Cacilda faz a abertura dessa segunda edição da Revista Mosaico, com o capítulo PSICOMOTRICIDADE, QUE CIÊNCIA É ESSA? Páginas 11 a 24. Com muita honra foi convidada pela organizadora Rosa M. Prista e aborda a abrangência dessa ciência na Educação, Saúde e Esportes. Definição do que é Psicomotricidade e quem é o Psicomotricista. Qual o seu lugar na Educação. O que fazer no Esporte e Como fazer parte de uma equipe de saúde. Encerra o capítulo sobre a prática ética e um breve resumo de sua trajetória profissional no “mundo” psicomotor.

 

Contribuiu nessa obra no capítulo 11, pgs. 137 a 140, no Relatório de Gerente Comercial, com o Conto: E VAI ROLAR A FESTA. No mundo corporativo, a área de Recursos Humanos conta também com uma atuação psicomotora, quando da “escuta” dada por um headhunter na seleção profissional para qualquer tipo de vaga na empresa. Esse conto vem mostrar o outro lado de

 

Como uma das acadêmicas da Academia Brasileira de Profissionais da Natação Infantil, abre essa obra com um capítulo teórico importantíssimo sobre a ORIGEM HUMANA – pags. 7 a 27. Um breve percurso na filogenia e ontogenia, mostrando nossa primitividade aquática. Uma grande pesquisa dos estudos do professor Vitor da Fonseca, relatada de forma didática, esclarecedora e fundamental nas atividades aquáticas em geral, principalmente junto aos bebês

 

 

E finalmente no PSICO MOTRI CIDADE – Obra criada a partir do 1º Congresso Internacional da Rede Latino-Americana de Universidades com Formação em Psicomotricidade, realizado na cidade de Fortaleza de 1 a 3 de outubro de 2015, Cacilda Gonçalves Velasco contribui com sua participação na palestra DEFICIÊNCIA FÍSICA… ESSE CORPO ESPECIAL … NA ÁGUA, pags. 421 a 427.  Uma demonstração que apesar de não ter um corpo perfeito, o deficiente fisico pode ter eficiência funcional em diferentes ambientes, autonomia de movimentos e até mesmo de vida diária. A Psicomotricidade ajuda muito a re significar esse corpo especial e a água é um elemento colaborador e prazeroso em muitas    intervenções terapêuticas ou pedagógicas para tal.

 

 

Como acadêmica da Academia Brasileira de Profissionais de Natação Infantil, participou dessa primeira edição com o texto: –” O corpo e o gesto do professor em relação aos alunos”

 

 

 

 

Nesta segunda edição a contribuição foi com  o texto: “O corpo não só fala, como grita… e registra”

 

 

 

 

Essa obra construída com as colaborações do academicos da Academia Brasileira de Profissionais da Natação Infantil, reuniu textos sobre as diferentes deficiências e a contribuição da autora foi com o capítulo: “A Co-laboração Familiar nas aulas de Natação Adaptada”

 

 

 

 

Nesta coletânea de textos dos alunos do Grupo SUPERA, a contribuição foi com o capítulo “Histórico Profissional”, pags. 52 a 56.

 

 

 

 

 

Na segunda edição dessa coletânea da SUPERA, a contribuição da autora foi com o capítulo “Possível”, nas páginas 9 a 11.